diego.carvalho Archive

Sort Posts by:

O espírito de Parreira

Nem de longe tão importante quanto a de Rodrigo Janot, também anunciada nesta semana, a lista de convocados do técnico Dunga para os amistosos da seleção brasileira contra França e Chile, neste mês, a última antes da Copa América, não me deixou surpreso (assim como a do procurador-geral

Uma ótima notícia para Valdívia

Não, não, o título deste post não se refere à informação dada ontem pelo jornalista Alex Müller, do Grupo Bandeirantes, de que o Flamengo tem interesse na contratação de Valdívia, principal nome do Palmeiras no ano passado e um alguém que, há muito, divide opiniões dentro e

Antídoto para 7 a 1s

Após a vitória do Atlético Mineiro sobre o Cruzeiro por 1 a 0, na última quarta-feira, naquele que precisamente o jornal O Estado de São Paulo intitulou como “jogo do ano“, Levir Culpi deu uma aula aos jornalistas brasileiros e aos atuais gestores do nosso futebol. A entrevista coletiva

Xô, profexô!

A melhor notícia que saiu da rua Turiassu nesta semana foi a desistência do presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, de contratar o técnico Vanderlei Luxemburgo. Afinal, trazê-lo seria um erro maior que demitir Gilson Kleina, como se a culpa pelos fracassos da equipe, claramente limitada, fosse apenas

O contraditório Itaquerão

Na tarde de ontem, 20 mil alvinegros testemunharam a inauguração da Arena Corinthians, o popular Itaquerão (que já foi Fielzão), como merece – e deve – ser chamada a moderna casa própria corintiana. Em partidas de 15 minutos, jogadores de todas as épocas do Timão desfilaram, em

Ninguém é perfeito

Recentemente, nosso intrépido Gabriel Lima espinafrou a coluna pró-Copa de Ronaldo na Folha de São Paulo e, para isso, comparou o Fenômeno com outro atacante que marcou história no futebol brasileiro, Romário, alguém que demonstra ser infinitamente mais lúcido. Desde que se tornou deputado federal pelo PSB

Eu sei: o Corinthians entregou

Não sei se o São Paulo entregou ou não a paçoca contra o Ituano, ontem. Só quem sabe são os jogadores das duas equipes, talvez os treinadores e dirigentes delas, o melhor dos repórteres, quem sabe, e, claro, o cara lá de cima, que sabe de tudo.

Convenção idiota

Assistirei ao Majestoso no popular Rei das Batidas, bar que fica aqui no Butantã, zona oeste paulistana. Comigo, estarão Gabriel Lima, nosso colunista são-paulino, e mais uma galera. Faz parte dos meus maiores prazeres apreciar um bom “futeba”, com rivalidade ou sem, mas com muita discussão, enquanto bebo e

A relatividade de Pato por Jadson, e vice-versa

Além da crônica esportiva se refestelar com novo motivo para usar a rodo o trocadilho “de pato pra ganso”, já que a dupla de aves anda ausente do selecionado nacional, a surpreendente troca de Alexandre Pato por Jadson, entre Corinthians e São Paulo, gera uma infindável pergunta:

Marcão e a carência de ídolos

Com oito anos, meu primeiro ídolo no futebol foi Marcos. Naquela época, não passava por minha cabeça que, um dia, ele se aposentaria. Porque, claro, crianças acreditam que seus heróis nunca pendurarão a capa no cabide e perderão seus superpoderes. Mas São Marcos pendurou em 4 de