De Boteco em Boteco

Caro leitor, nos últimos dois dias você deve ter notado as várias novidades do Futeboteco. Mais cedo teve o “Garçom da Semana” e, neste exato momento, temos o prazer de anunciar o “De Boteco em Boteco”.

Para estrear, nada como a esquina mais famosa de Sampa e, consequentemente, o boteco mais famoso

Para estrear, nada como a esquina mais famosa de Sampa e, consequentemente, o boteco mais famoso

Este periódico apresentará, ao cabo de todas as semanas, uma coletânea de opiniões sobre os temas mais discutidos na imprensa e nas redes sociais. Ou seja: trata-se dum apanhado de links que ajudará você, futeboqueiro, a refletir sobre esses assuntos trepidantes. Confira o primeiro de muitos:

Após o “episódio Tinga”, o pessoal do Impedimento foi obrigado a novamente se aventurar num assunto desagradabilíssimo e que há muito não deveria existir: o racismo. Quem também tratou sobre isso foi a Dri Caldeira, do Canelada

O Testosterona Sports, por sua vez, trouxe a emoção à tona com o post “No futebol podemos enxergar também com o coração”. O texto, bastante comovente, é de Jean Vieira.

Já a galera do Paladar Negro recriou jogadores atuais em figurinhas antigas. Ficou SENSACIONAL!

#NãoVaiTerCopa ? O prejuízo é grande? Quem disse? Segundo o Ricardo Roca, do Futebolarte, o Impacto econômico do Mundial no Brasil é positivo.

Nesta sexta-feira, nosso colunista Gabriel Lima mostrou pensar exatamente o contrário e desconstruiu totalmente a coluna pró-Copa escrita por Ronaldo Fenômeno no Tendências e Debates, da Folha de S. Paulo na última terça-feira.

Pra fechar, o Doentes por Futebol contou a espetacular história da Guerra do Futebol, com direito a uma entrevista exclusiva. Vale a leitura.

Comments (2)
  1. brett rossi 12 de março de 2014
    • Renan Rodrigues 12 de março de 2014